Uma das minhas cenas favoritas de Gilmore Girls

Essa é uma das minhas cenas favoritas de Gilmore Girls. É uma cena que traduz bem o tema da série, mesmo que de um jeito pequeno. Essas mulheres são tão diferentes mas ainda assim tão próximas uma da outra. Lorelai não pode aceitar a vida que Emily quis proporcionar pra ela, e é um choque ela descobrir que a Rory quer. Esse confronto entre as Gilmore nunca tem solução, mas a série constrói um equilíbrio lindo entre ambas. Ia ser muito fácil descer o pau no privilégio da Emily (que é algo que a série vira a cara vezes demais) sem ver ela como um ser humano falho como qualquer outro.

Kelly Bishop dá um show tentando falar algo pra filha, não conseguindo, e tentando compartilhar algo com ela mesmo assim. Lauren Graham modula a emoção só com a voz que faz Lorelai ser muito melhor do que o roteiro quer — mas a Emily é um outro nível de interpretação nessa cena. Bishop é uma baita atriz, Emily é uma baita personagem que a série nem sempre tratou bem, mas a atriz sempre soube tirar grandes momentos dela.

Se Amy Sherman-Pallatino voltar à essas personagens um dia eu ia adorar se ela desse uma de O Poderoso Chefão 2 e olhasse pra Emily pré-Lorelai e pra Rory como mãe. Lorelai e Emily terminam a série num claro equilíbrio que eu não sei se seria honesto a série retomar, mas seria ótimo ver ela se transformar na Gilmore que a série original explorou.